Entidades que compõem a Frente

 Frente Nacional de Entidades pela Cidadania, Dignidade e Direitos Humanos na Política Nacional sobre Drogas

Criada em 2012, a Frente reúne entidades e movimentos sociais brasileiros, por uma mudança na atual política sobre drogas, que se baseie na cidadania, na dignidade, nos Direitos Humanos, na garantia da participação popular e no respeito às decisões das Conferências.

Entende que a Política de Segurança Pública deve ser norteada pela garantia de direitos e não pela repressão policial, ações higienistas e criminalizadoras da pobreza e de populações fragilizadas.

Posiciona-se contra a atual política proibicionista de drogas, contra a inclusão das comunidades terapêuticas e afins na rede de serviços do SUS e a favor da Luta Antimanicomial e da Redução de Danos no acolhimento e no tratamento de usuários abusivos de drogas, em defesa dos princípios do SUS e de um Estado laico. Defende a consolidação e ampliação do Sistema Único de Saúde (SUS), do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e de todas as políticas públicas pela inclusão e integralidade na atenção às pessoas que usam drogas contemplando ações de trabalho, habitação, educação, cultura, arte, esporte, acesso à justiça, segurança pública, saúde e assistência social.

Veja abaixo as entidades e movimentos sociais que compõe a Frente Nacional

CARTA ABERTA

Contra o uso da Moradia Popular para liberar a verticalização 

para setores de maior renda

  1. Associação Brasileira de Psicologia Social (ABRAPSO)
  2. Associação Brasileira de Redutores de Danos (Aborda Brasil)
  3. Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco)
  4. Associação Brasileira de Saúde Mental (ABRASME)
  5. Associação Brasileira dos Terapeutas Ocupacionais (ABRATO)
  6. Associação Cultural Menino de Ceilândia
  7. Associação de Saúde Mental do Cerrado (ASCER)
  8. Associação De Volta Para Casa
  9. Associação dos Médicos Residentes do Estado de São Paulo (AMERESP)
  10. Associação Metamorfose Ambulante de Usuários e Familiares do Sistema de Saúde (AMEA)
  11. Centro Acadêmico de Psicologia da Universidade Católica de Brasília
  12. Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (CEBES)
  13. Centro Brasileiro de Políticas sobre Drogas (Psicotropicus)
  14. Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDEC) de Interlagos
  15. Coletivo DAR – Desentorpecendo A Razão
  16. Comissão Municipal da Reforma Psiquiátrica de Belo Horizonte – MG
  17. Confederação Nacional das Associações de Moradores (CONAM)
  18. Conselho Estadual de Entorpecentes do DF da Secretaria de Segurança Pública (SSP)
  19. Conselho Federal de Psicologia (CFP)
  20. Conselho Federal de Serviço Social (CFESS)
  21. Conselho Nacional de Defesa Ambiental (CNDA)
  22. Conselho Regional de Psicologia (CRP) 01, Brasília
  23. CRP 02, Pernambuco
  24. CRP 04, Minas Gerais
  25. CRP 05, Rio de Janeiro
  26. CRP 06, São Paulo
  27. CRP 07 , Rio Grande do Sul
  28. CRP 09, Goiás e Tocantins
  29. CRP 14, Mato Grosso do Sul
  30. CRP 18, Mato Grosso
  31. Consultório de Rua Belo Horizonte/MG
  32. Coordenadoria da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo
  33. Federação Nacional dos Psicólogos – FENAPSI
  34. Fórum Goiano de Saúde Mental
  35. Fórum Paulista da Luta Antimanicomial
  36. Fórum Permanente da População de Rua do DF
  37. Frente Estadual Antimanicomial de São Paulo
  38. Instituto Bom Samaritano
  39. Marcha da Maconha São Paulo
  40. Movimento Moinho Vivo
  41. Movimento Nacional da luta Antimanicomial
  42. Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua (MNMMR/DF)
  43. Movimento Nacional de População de Rua
  44. Núcleo de Estudos pela Superação dos Manicômios da Bahia (NESM/BA)
  45. Pastoral Nacional do Povo da Rua
  46. Projeto Justiça Criminal
  47. Projeto Rede Rua de São José – SC
  48. Rede Nacional Internúcleos da Luta Antimanicomial (RENILA)
  49. Rede Saúde Mental e Economia Solidária
  50. Sindicato dos Psicólogos do Estado de São Paulo
  51. Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH)
  52. Tribunal Popular – o Estado no banco dos réus
  53. União das Associações Comunitárias (UNAC)
Anúncios

5 thoughts on “Entidades que compõem a Frente

  1. Amigos desde que fui à primeira reunião da Frente em 1 de fevereiro de 2012, disse que estava representando também a ABRASCO (Associação Brasileira de Saúde Coletiva), mas confesso que foi culpa minha não ter observado antes que a ABrasco não estava na lista de entidades que compõem a Frente. Assim, solicito que a mesma seja incluída. Abraços Paulo Amarante

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s